Uma mensagem para os Educadores da Fé

Caríssimos catequistas,

«Escolhemos como lema pastoral na diocese do Porto:

“a alegria do evangelho é a nossa missão.

Isto só é possível se

cada um de nós estabelecer um encontro pessoal com Cristo

e dele partir para a missão.

É a partir deste encontro com Cristo,

aberto à vivência da fé em família e em comunidade e à implicação concreta na vida do mundo, que descobriremos como tem sentido e valor todo o esforço realizado diariamente nas nossas escolas e nas nossas catequeses.

 Uma fé viva, acolhida, celebrada e transmitida enraíza-nos em Cristo,

torna-nos firmes na fé e faz das nossas famílias testemunhas do seu amor no mundo,

escola de uma bela experiência de fé e de vida de tantas crianças e jovens.

As crianças e os jovens das nossas escolas e comunidades

dizem-nos tantas vezes como estão próximos de Deus,

como se sentem atentos à sua voz e como se revelam disponíveis para a missão em Igreja.

Muitas destas crianças e destes jovens não têm nem lêem outro evangelho senão aquele que vêm escrito e impresso na vida dos seus pais e avós e no testemunho coerente dos seus catequistas e professores.

Aqui reside um dos valores maiores das famílias cristãs e um dos desafios mais urgentes que se colocam aos catequistas e aos professores…»

Mafamude, Igreja matriz, 5 de outubro de 2014.

Dom António Francisco dos Santos, Bispo do Porto